Dez dicas para lidar com seus filhos:

Diga não. Ele não vai deixar de gostar de você por causa disso; Seja coerente e firme. Se a mãe diz sim, o pai concorda. E vice-versa. Discutam depois (PAIS CONSISTENTES FILHOS SEGUROS); Não recue diante da birra. A criança sente-se insegura se as ordens não são pra valer; Não se impressione se o seu filho testar a sua paciência. Ele só não pode ganhar; Exerça autoridade. Nada de "quando seu pai chegar (ou mãe) você vai ver" (DIFERENTE QUANDO ESTÃO SOB OS CUIDADOS DE TERCEIROS); Mantenha um meio termo entre permissividade (tudo pode) e o autoritarismo (nada pode); Não acoberte os erros de seu filho; Pense bem antes de ditar uma norma ou uma punição. Analise até onde vai o benefício disto; Fale sempre a verdade. A criança deve obedecer pela existência de um limite real e não pelo medo; Não se sinta culpado por ficar pouco tempo com ele. O importante é a qualidade do relacionamento. Claudia Mara de Carvalho ManriquePsicóloga - CRP 5961